Novo Conselho Municipal de Assistência Social de Caarapó toma posse

Publicado: Sexta, 22 Setembro 2017

Foto: Dilermano Alves - Momento da posse do Conselho Municipal de Assistência Social de Caarapó; mandato vai até setembro de 2019
Foto: Dilermano Alves - Momento da posse do Conselho Municipal de Assistência Social de Caarapó; mandato vai até setembro de 2019
Tomou posse no último dia 14, em solenidade realizada no Gabinete do Prefeito, o novo Conselho Municipal de Assistência Social de Caarapó. O órgão é integrado por diversos segmentos governamentais e da sociedade civil, como Apae, Guarda Mirim, prestadores de serviços e usuários da área de assistência social.

Os membros foram indicados pelo Poder Executivo municipal e eleitos pelas entidades não governamentais em fórum próprio. Nomeados formalmente por ato do prefeito municipal, os integrantes do novo conselho terão mandato até setembro de 2019.

Entre titulares e suplentes, tomaram posse: Jefferson José da Silva Rodrigues e Cleusa Soares dos Reis, representantes da Secretaria Municipal de Ação Social; Telma Oliveira Molina e Kátia Regina Murakami Baratelli, representantes da Secretaria Municipal de Saúde; Léa Geller e Edna Sanada de Araújo, representantes da Secretaria Municipal de Educação e Esportes. Como representantes das entidades não governamentais, foram empossados: Alexandro Pastorello (Apae) e Clenilson Francisco da Silva (Guarda Mirim), do setor de Prestadores de Serviços; Marinês Holosbach Antunes e Marilza Salina de Freitas, do setor de Trabalhadores da Área; Rosimeire Gonçalves Miranda e Dolores dos Santos, representantes do setor de Usuários dos Serviços.

Em pronunciamento, o prefeito Mario Valério falou da importância de se ter um conselho atuante e envolvido com a política de assistência social, até mesmo para garantir a transparência pública, facilitando as ações da administração. “É um trabalho que vai subsidiar a atuação do Poder Público, especialmente na implementação das políticas preconizadas pela legislação que rege o setor de assistência social”, destacou.
Já a secretária municipal de Ação Social, Carolina Silva Carvalho, observou que, para que o trabalho da assistência social aconteça, o conselho precisa estar bem articulado com a gestão e o serviço e conhecer toda rede de serviços ofertados pela política de assistência social.
O Conselho Municipal de Assistência Social foi criado em 1997 e tem como objetivo fortalecer a política de assistência social e promover acesso às políticas públicas, além de fiscalizar todas as ações e gastos oriundos dos fundos nacional, estadual e municipal de Assistência Social.

O Controle social tem fundamental importância na gestão pública, que deve ser exercida de forma organizada, sistemática e individualizada pela sociedade civil sobre o Estado, em particular sobre o Poder Executivo. É a participação da sociedade no acompanhamento e verificação das ações da gestão pública na execução das políticas públicas, avaliando os objetivos, processos e resultados.