Prefeitura de Caarapó compra rolo compactador de solo

Publicado: Terça, 15 Maio 2018

Equipamento será utilizado na execução de serviços de infraestrutura urbana e rural

Foto: Dilermano Alves - Equipamento adquirido pela prefeitura já está incorporado à frota da Secretaria Municipal de Obras
Foto: Dilermano Alves - Equipamento adquirido pela prefeitura já está incorporado à frota da Secretaria Municipal de Obras
Para melhorar a prestação de serviços de manutenção e recuperação das vias rurais e urbanas, a prefeitura de Caarapó acaba de adquirir um importante equipamento. Trata-se de um rolo compactador da marca Volvo, comprado por R$ 180 mil, através de processo licitatório.

O equipamento foi fabricado em 2013 e é do tipo pé de carneiro a diesel, com cabine fechada com ar condicionado, transmissão hidráulica, painel de controle elétrico, volante com regulagem, faróis externos dianteiros e traseiros, banco regulável, janelas laterais e botão de parada de emergência. A máquina vai facilitar os trabalhos na zona urbana e rural, tanto na recuperação de ruas quanto no levantamento de estradas.

Compactadores de solo são equipamentos utilizados para adensar terra, areia e outros tipos de terreno, visando um melhor substrato para a construção de uma obra, que pode ser um edifício ou uma rodovia, por exemplo.

Nos últimos anos, a prefeitura tem mantido um constante atendimento na zona rural, atendendo todas as regiões com serviços de patrolamento e encascalhamento de estradas, além da recuperação de pontes. Os serviços têm demandado a aplicação de altas somas de recursos financeiros. O investimento se justifica em função da importância da produção no campo, que move a economia municipal.

O compactador já está incorporado à frota municipal, pronto para a execução de serviços por parte da Secretaria Municipal de Obras, que tem uma extensa programação de frentes de serviços na zona rural e na cidade, incluindo os distritos de Cristalina e Nova América e reserva indígena.

 

EDITAL Nº 002/2018 - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE MONITORES PARA ATUAREM NO PROGRAMA MAIS ALFABETIZAÇÃO - CAARAPÓ-MS

Publicado: Quinta, 10 Maio 2018

EDITAL Nº 002/2018 - PROCESSO SELETIVO SIMPLIFICADO DE MONITORES PARA ATUAREM NO PROGRAMA MAIS ALFABETIZAÇÃO - CAARAPÓ-MS

A PREFEITURA MUNICIPAL DE CAARAPÓ-MS, através da Secretaria Municipal de Educação e Esportes, torna público o edital para a Seleção e constituição do banco de Assistentes de Alfabetização voluntários para o Programa Mais Alfabetização, instituído pela Portaria MEC/FNDE nº 142, de 22 de fevereiro de 2018.

Link do edital completo: [acessar]

Prefeitura de Caarapó promove atividades de combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes

Publicado: Quarta, 09 Maio 2018

Foto: Divulgação - Estudantes da Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos acompanham apresentação da peça de teatro Além da inocência
Foto: Divulgação - Estudantes da Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos acompanham apresentação da peça de teatro Além da inocência
A Prefeitura Municipal de Caarapó acaba de iniciar as atividades relativas ao combate ao abuso e exploração sexual de crianças e adolescentes, com programação para todo o mês de maio. A primeira ação foi a apresentação da peça de teatro Além da inocência, encenada na última terça-feira (8), na Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos. A peça tem um grupo de alunos como atores.

Para este mês de maio, foram programadas diversas ações e o objetivo é abordar o tema através do teatro, que, além de sensibilizar, transmitirá informações importantes acerca do abuso e exploração sexual infanto-juvenil. A peça é destinada às crianças e adolescentes do 6º ao 9º ano de toda rede municipal de ensino e também será estendida às escolas estaduais e outros espaços públicos.

Para as crianças dos centros municipais de Educação Infantil, haverá atividades de Contação de história, a cargo de facilitadores do serviço de convivência da Secretaria Municipal de Assistência Social, utilizando fantoches e vídeo infantil para abordar a temática. Também serão realizadas palestras para os pais em escolas e serviços de convivência.

As atividades estão sob a responsabilidade da Secretaria Municipal de Assistência Social e Comissão de Combate ao Abuso e Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes, composta de funcionários do CRAS, CREAS e Órgão Gestor da Secretaria Municipal de Assistência Social e representantes da Secretaria Municipal de Educação e Esportes, Conselho Tutelar e Guarda Mirim.

A abertura oficial da campanha acontecerá dia 19 deste mês, às 16h, em uma mobilização na Praça Central, com apresentação do teatro Além da Inocência, o espetáculo circense Tradicional Pocket Show, do Circo Le Chapeau, sorteio de brindes e distribuição de pipoca e algodão doce.

Em Caarapó, eventuais casos de abuso ou exploração sexual contra crianças e adolescentes podem ser denunciados através dos telefones: CREAS 3453-1387; Conselho Tutelar 3453-1192; Disque 100; Polícia Militar 190.

Foto: Divulgação

Estudantes da Escola Municipal Cândido Lemes dos Santos acompanham apresentação da peça de teatro Além da inocência

Prefeitura de Caarapó devolve taxa de inscrição de processo seletivo cancelado.

Publicado: Segunda, 07 Maio 2018

Já estão depositados em conta específica os recursos financeiros referentes à devolução dos valores pagos pelos inscritos no processo seletivo recentemente cancelado pelo Poder Executivo municipal de Caarapó, por recomendação do Ministério Público da Comarca local. A informação é do Departamento de Recursos Humanos da prefeitura.

Dos cerca de 900 inscritos no processo cancelado, em torno de 350 candidatos já tiveram os valores devolvidos, restando em torno de 550 devoluções. Esse é o total de candidatos que deverão apresentar requerimento ao Poder Executivo municipal solicitando a devolução dos valores da taxa de inscrição. Para receber o dinheiro de volta, o interessado deverá apresentar requerimento à prefeitura, com protocolo, acompanhado do comprovante do pagamento da taxa de inscrição no processo seletivo. O texto do requerimento poderá ser acessado, a partir de segunda-feira (7), na área de Concursos do site www.caarapo.ms.gov.br. O requerente também poderá comparecer pessoalmente ao Departamento de RH do município, onde lhe será disponibilizada cópia impressa do documento. Além disso, deverá ser informada uma conta bancária para depósito dos valores da devolução.

O Poder Executivo municipal atendeu recomendação verbal da 1ª Promotoria de Justiça da Comarca de Caarapó, que entendeu que os cargos e vagas disponibilizadas no processo seletivo para provimento de vagas em caráter temporário do quadro de servidores da prefeitura são puras, cujo preenchimento deve ocorrer exclusivamente mediante concurso público.

Movimento Maio Amarelo faz passeata em Caarapó

Publicado: Sexta, 04 Maio 2018

Foto: Dilermano Alves - Passeata em Caarapó reuniu crianças da educação infantil do município; atividades prosseguem até o dia 25 deste mês.
Foto: Dilermano Alves - Passeata em Caarapó reuniu crianças da educação infantil do município; atividades prosseguem até o dia 25 deste mês.
Com participação de alunos da Educação Infantil das escolas Professor Moacir Franco de Carvalho e Arcênio Rojas e do Centro Municipal de Educação Infantil Professor Armando Campos Belo, a coordenação do Movimento Maio Amarelo de Caarapó realizou na manhã de quinta-feira (3) passeata pelas ruas da cidade, com o objetivo de divulgar a iniciativa. Neste ano, o movimento adotou o mote “Nós somos o trânsito”.

Em Caarapó, as atividades do Movimento Maio Amarelo tiveram início em 18 de abril e vão se estender até o dia 25 deste mês. Conforme o cronograma, as atividades envolvem passeatas com alunos da rede pública, visitas às unidades escolares, palestras, blitzes educativas, panfletagem e outras ações de marketing, com envolvimento dos órgãos parceiros do movimento, como a Polícia Militar, Corpo de Bombeiros, Departamento Municipal de Transporte e Trânsito (Demtrat), Detran, Secretaria Municipal de Educação e Esportes e autoescolas.

O Movimento Maio Amarelo tem a proposta de chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo. O objetivo do movimento é uma ação coordenada entre o Poder Público e a sociedade civil. A intenção é colocar em pauta o tema segurança viária e mobilizar toda a sociedade, envolvendo os mais diversos segmentos: órgãos de governos, empresas, entidades de classe, associações, federações e sociedade civil organizada para, fugindo das falácias cotidianas e costumeiras, efetivamente discutir o tema, engajar-se em ações e propagar o conhecimento, abordando toda a amplitude que a questão do trânsito exige, nas mais diferentes esferas.

A Assembleia-Geral das Nações Unidas editou, em março de 2010, uma resolução definindo o período de 2011 a 2020 como a “Década de Ações para a Segurança no Trânsito”. O documento foi elaborado com base em um estudo da OMS (Organização Mundial da Saúde) que contabilizou, em 2009, cerca de 1,3 milhão de mortes por acidente de trânsito em 178 países. Aproximadamente 50 milhões de pessoas sobreviveram com sequelas.

São três mil vidas perdidas por dia nas estradas e ruas ou a nona maior causa de mortes no mundo. Os acidentes de trânsito são o primeiro responsável por mortes na faixa de 15 a 29 anos de idade; o segundo, na faixa de 5 a 14 anos; e o terceiro, na faixa de 30 a 44 anos. Atualmente, esses acidentes já representam um custo de US$ 518 bilhões por ano ou um percentual entre 1% e 3% do PIB (Produto Interno Bruto) de cada país.

Se nada for feito, a OMS estima que 1,9 milhão de pessoas devem morrer no trânsito em 2020 (passando para a quinta maior causa de mortalidade) e 2,4 milhões, em 2030. Nesse período, entre 20 milhões e 50 milhões de pessoas sobreviverão aos acidentes a cada ano com traumatismos e ferimentos. A intenção da ONU com a “Década de Ação para a Segurança no Trânsito” é poupar, por meio de planos nacionais, regionais e mundial, cinco milhões de vidas até 2020.

O Movimento em 2018

Com o mote “Nós somos o trânsito”, o Movimento chega à sua 5ª edição e fomenta na sociedade discussões e atitudes voltadas à necessidade urgente da redução do número de mortes e feridos graves no trânsito. O tema foi discutido com a Associação Nacional de Detrans (AND) e foi apresentado em reunião do Conselho Nacional de Trânsito (Contran).

Assim como em 2017, o tema de 2018 propõe o envolvimento direto da sociedade nas ações e propõe uma reflexão sobre uma nova forma de encarar a mobilidade. Trata-se de um estímulo a todos os condutores, seja de caminhões, ônibus, vans, automóveis, motocicletas ou bicicletas, e aos pedestres e passageiros, a optarem por um trânsito mais seguro.